A Aprenda Fácil é uma editora do Grupo CPT, referência em educação a distância no Brasil!

5 adubos orgânicos não convencionais

Alguns adubos orgânicos, como confrei e cabeça de camarão, não são convencionais, mas são eficientes

5 adubos orgânicos não convencionais

Os adubos orgânicos mais comuns são o esterco animal e a compostagem. Entretanto, alguns adubos naturais, como confrei, urtiga, capim, borra de café e cabeça de camarão, não são nada convencionais. Embora incomuns, eles são eficientes e garantem a boa nutrição das plantas, pois apresentam importantes minerais, em especial, nitrogênio, fósforo e potássio. Esta é uma forma ambientalmente correta de fornecer às plantas NPK.

1. Confrei


O confrei é constituído de vitaminas e minerais, como fósforo e potássio, além de outros nutrientes indispensáveis às plantas. Entretanto, antes de ser aplicado na horta, é importante submergir as folhas de confrei em água exposta ao sol e aguardar três dias. Após esse tempo, deve-se escorrer e descartar a água e aplicar as folhas diretamente no solo. As hortaliças e flores crescem vigorosas e sem agroquímicos.

2. Urtiga


Outra opção atípica de fertilizante natural é a urtiga. Para colhê-las, é importante usar luvas, pois a planta causa coceira. Antes de utilizá-la, ela deve permanecer de molho na água, por sete dias, em local sombreado. Assim que passar esse período, as folhas de urtiga devem ser descartadas, mas o caldo aproveitado. Com o auxílio de um borrifador, basta aplicá-lo, nas plantas e no solo, uma vez por semana.

3. Capim


Por que dispensar o capim recém-cortado? Ele pode ser aproveitado como adubo vegetal em hortaliças ou flores. Basta espalhar a grama ao longo da horta ou jardim e aguardar os resultados. Conforme se decompõe, ela libera nutrientes no solo, especialmente nitrogênio, mineral essencial ao bom desenvolvimento das plantas. Sem falar que esta é uma forma sustentável de descartar restos vegetais.

4. Borra de café


Assim como faziam nossos avós, distribuir borra de café em torno das plantas é uma forma simples e econômica de adubar as plantas. Após coar o café, basta reservar o pó residual e aplicar na horta ou no jardim. Rico em nitrogênio, fósforo e potássio, o resíduo de café torna as plantas viçosas e bonitas. Além disso, ele não deixa elementos tóxicos no solo, já que se trata de um adubo natural.

5. Cabeça de camarão


Mais um meio de garantir sustentabilidade em jardins e hortas, o uso da cabeça de camarão como biofertilizante é pouco conhecido, mas determinante para a boa adubação orgânica do solo. Basta reservar as cabeças de camarão e enterrá-las a 50 centímetros de profundidade. Depois de desenterradas, elas podem ser distribuídas no solo para proporcionar às plantas nutrição adequada, já que se trata de um adubo rico em nitrogênio e fósforo.

Conheça os Livros AFE da Área Agricultura Orgânica:

Agricultura Orgânica

Manual de Horticultura Orgânica

Cultivo Orgânico de Tomate

Fonte: Globo Rural - revistagloborural.globo.com

Por Andréa Oliveira.

Livros Relacionados

Manual de Horticultura Orgânica

Livro

Manual de Horticultura Orgânica

R$ 153,00 à vista ou em até 12x de R$ 12,75 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2020. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade