Como converter a agricultura convencional para a agroecológica?

Saiba quais são as principais técnicas para iniciar um cultivo orgânico

A agricultura orgânica é baseada em princípios agroecológicos e baseada no uso intensivo de insumos orgânicos e naturais.

A prática da agroecologia é um processo que passa por um estilo de vida, isto é, transformar transformando-se. Como processo, passa por várias dimensões ou etapas importantes. Uma delas refere-se à conversão ou pe?iodo de transição, que vem a ser aquele período de tempo variável que é preciso para a propriedade passar do modrlo convencional ao sistema agroecológico ou orgânico, ou seja, constituir-se num agrossistema.


O processo de conversão pode ser complexo, exigindo mudanças nas práticas de campo, na gestão da unidade de produção agrícola em seu dia a dia, no planejamento, marketing e filosofia. Os seguintes princípios podem servir como linhas mestras orientadoras nesse processo geral de transformação:


- Mover-se de um manejo de nutrientes, cujo fluxo passa através do sistema, para um manejo baseado na reciclagem de nutrientes, como uma crescente dependência em relação a processos naturais, tais como a fixação biológica do nitrogênio e as relações com micorrizas.


- Usar fontes renováveis de energia, em vez das não-renováveis.


- Eliminar o uso de insumos sintéticos não-renováveis oriundos de fora da unidade produtiva, que podem potencialmente causar danos ao ambiente ou à saúde dos produtores, assalariados agrícolas ou consumidores.


- Quando for necessário, adicionar materiais ao sistema, usando aqueles que ocorrem naturalmente, em vez de insumos sintéticos manufaturados.


- Manejar pragas, doenças e ervas adventícias, em vez de “controlá-las”.


- Reestabelecer as relações biológicas que podem ocorrer naturalmente na unidade produtiva, em vez de reduzi-las ou simplificá-las.


- Estabelecer combinações mas apropriadas entre padrões de cultivo e o potencial produtivo e as limitações físicas da paisagem agrícola.


- Usar uma estratégia de adaptação do potencial biológico e genético das espécies de plantas agrícolas e animais às condições ecológicas da unidade produtiva, em vez de modificá-la para satisfazer as necessidades das culturas e dos animais.


- Enfatizar a conservação do solo, da água, energia e dos recursos biológicos.


- Incorporar a ideia de sustentabilidade a longo prazo no desenho e manejo geral do agroecossistema.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade