Como controlar a mastite nos rebanhos leiteiros?

Muito comum em vacas leiteiras, a mastite é uma infecção que pode contaminar o leite produzido por elas

Animal recebendo vacina

A pecuária leiteira é uma atividade já consolidada no cenário local. Muitos produtores investem cada vez mais nesse ramo e, com o manejo correto, conseguem lucrar com a comercialização do leite. Porém, algumas doenças podem acabam gerando prejuízos aos pecuaristas e precisam de cuidados precisos e rápidos para serem controladas, evitando que comprometam a qualidade de seus produtos e, consequentemente, gerem um prejuízo ainda maior.

A mastite é uma doença muito comum em vacas leiteiras, resultado de uma infecção nas glândulas mamárias, causada por microrganismos como fungos e bactérias. Pode se apresentar de duas formas: a clínica, quando o animal apresenta sintomas físicos, como inchaço nas mamas, vermelhidão, presença de grumos e/ou pus no leite, entre outros; e a subclínica, que pode passar despercebida por não apresentar sintomas físicos, produzindo alterações no leite que prejudicam a sua qualidade.

Controlar essa doença ainda é um problema para a maioria dos produtores, haja vista que, além do tratamento, também é preciso higiene para eliminá-la. Um dos cuidados mais importantes para controlar e eliminar a mastite do rebanho é diagnosticar a doença e monitorar constantemente o leite no tanque de expansão.

O programa básico de controle da mastite, segundo a doutoranda em Medicina Veterinária Preventiva, Poliana de Castro Melo, é: 1. Tratamento correto de todas as vacas no período seco. 2. Tratamento imediato de todos os casos clínicos, fazer antibiograma, não utilizar antibiótico de qualquer maneira. 3. Funcionamento adequado do sistema de ordenha. 4. Correto manejo de ordenha com ênfase na desinfecção dos tetos pós-ordenha. 5. Descarte de vacas com mastite crônica. 6. Boa higiene e conforto na área de permanência dos animais. 

Ressaltamos que para tratamento e acompanhamento de qualquer doença que acometa a criação, é necessário consultar um especialista na área, bem como na hora de ministrar qualquer medicação. A melhor forma de controle continua sendo a prevenção, mas em caso de necessidade de tratamento, deve passar pela supervisão de alguém que tenha conhecimento técnico no assunto.





Conheça nossos Livros da Área Pecuária de Leite:

Manual do Produtor de Leite
Perguntas e Respostas sobre Gado de Leite
Leite de Qualidade



Fonte: Associação Brasileira dos Criadores de Girolando – girolando.com.br


por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Leite de Qualidade - Manejo Reprodutivo, Nutricional e Sanitário

Livro

Leite de Qualidade - Manejo Reprodutivo, Nutricional e Sanitário

R$ 45,00 à vista ou em até 12x de R$ 3,75 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Manual do Produtor de Leite

Livro

Manual do Produtor de Leite

R$ 138,00 à vista ou em até 12x de R$ 11,50 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Perguntas e Respostas sobre Gado de Leite

Livro

Perguntas e Respostas sobre Gado de Leite

R$ 61,00 à vista ou em até 12x de R$ 5,08 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade