Livro AFE atualizado: Paisagismo – Princípios Básicos

Conheça a poda, um princípio básico do paisagismo

Homem podando árvore

Ao implantar um jardim, além das técnicas de jardinagem, também é preciso conhecer alguns princípios básicos do paisagismo. Um desses princípios básicos é a poda. Basicamente, as plantas de um jardim precisam de três tipos de podas: as podas de limpeza, as podas de formação e podas de produção.


Limpeza


A poda de limpeza é um tipo de manejo que tem de ser feito ao longo de todo o ano. Esse tipo de poda visa a retirada de folhas e ramos secos ou que estejam em senescência, que se quebraram ou sofreram algum dano físico, o que prejudica esteticamente cada planta e o conjunto formado por elas no painel. Também, devem ser retiradas as flores danificadas, murchas, e mortas, deixando-se apenas as flores mais vistosas. A importância da poda de limpeza é grande, porque a maior parte das plantas ornamentais cultivadas em jardins acaba ficando com as folhas secas presas ao caule, assim como flores e frutos danificados ou ressecados. Embora não caiam naturalmente, essas estruturas podem ser retiradas com facilidade, melhorando sensivelmente sua qualidade visual da composição vegetal.


Formação


Já, na poda de formação, o objetivo é estimular o desenvolvimento da planta e sua fortificação, tornando a copa mais compacta, menos estiolada e com maior quantidade de folhas. Visa, também, proporcionar formas diferenciadas às copas, como pirâmides ou esferas, que são esculpidas por meio da técnica de topiaria. A poda de produção é sempre necessária e oportuna, mas deve ser feita, respeitando-se as características biológicas e ecológicas de cada espécie e, de acordo com a função designada para cada planta no jardim. As podas de formação também podem ser feitas para estimular o surgimento de novos brotos que contribuirão para que a forma desejada para cada espécie seja alcançada.


Produção


A poda de produção, por sua vez, tem como objetivo aumentar a produção de flores. Diferencia-se da poda de formação pelo fato de estimular a atividade reprodutiva na planta, ou seja, a produção de flores, que são os órgãos reprodutivos dos vegetais, e o surgimento dos frutos. Vai ocorrer, em determinadas épocas do ano, dependendo da espécie de planta, já que o corte de ramos, em determinados momentos, tende a estimular a floração, em detrimento do crescimento vegetativo.

Com linguagem de fácil compreensão para o público leigo ou profissional, O Livro Paisagismo – Princípios Básicos, que foi atualizado, se destaca por apresentar ao leitor os diversos tipos de jardins: da Antiguidade Clássica aos dias atuais, e de vários países. Além disso, o autor define o paisagismo como ciência e arte, acrescentando a isso as diversas formas de percepção e valoração da paisagem.



Conheça nosso Livro Atualizado Paisagismo – Princípios Básicos


por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Paisagismo - Princípios Básicos

Livro

Paisagismo - Princípios Básicos

R$ 54,00 à vista ou em até 12x de R$ 4,50 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade