Outros elementos de composição de um jardim

Um jardim não é composto só por plantas, mas também por outros elementos

Jardim ornamentado

Um jardim não é construído apenas com plantas. É imprescindível a junção de outros elementos que, harmonizados com os elementos naturais, constituam um jardim que atenda às necessidades estéticas e funcionais. Trata-se de elementos que irão complementar a composição paisagística de acordo com as necessidades e desejos de quem pretenda implementar um.

José Augusto de Lira Filho, autor do Livro Paisagismo: Elementos de Composição Estética, da Aprenda Fácil Editora, discorre que “a ornamentação com equipamentos adequados torna os jardins mais criativos e aconchegantes, valorizando a paisagem. Alguns elementos constituem-se em infraestrutura para se fazer o lazer passivo ou ativo (edificações, quadras de esportes, piscinas, vias de acesso, etc.) e ouros entram na composição, geralmente, com fins estéticos, como obras de arte.”.

Confira quais podem ser esses outros elementos que podem ajudar a compor um jardim:


Caminhos do jardim – circulação e pisos


A circulação, vias de acesso ou, mais simplesmente, os caminhos do jardim, são locais destinados ao trânsito de pedestres ou veículos que permitem ao usuário dirigir-se e apreciar um determinado local da paisagem. Além de direcionar os frequentadores do jardim, a circulação faz as ligações internas e externas do jardim, desempenhando o papel de elemento de integração entre os componentes da paisagem.


Reservatórios e espelhos d’água


Dentre os reservatórios mais simples e fáceis de construir, encontram-se os tanques e os laguinhos, que cumprem funções importantes no jardim, além de serem esteticamente agradáveis aos olhos do observador. Quando utilizado para a formação de espelhos d’água, a forma dos tanques tem apenas o valor como moldura, cabendo à água nele contida toda a importância ornamental.


Cascatas


Com baixo custo, podem ser construídas pequenas cascatas apenas com o trabalho de um jardineiro habilidoso e bem orientado pelo paisagista, que pode lançar mão de vários recursos baratos, como movimentar a água através de pequenos engenhos moto-contínuos, dispensando a bomba e aproveitar ou criar declividades do terreno pela movimentação dos volumes de terra visando formar o ponto de queda para a água.


Pontes


Nem sempre as pontes são construídas em locais onde há curso d’água. Elas também são necessárias para fazer a ligação entre acidentes topográficos (depressões, por exemplo) e são executadas nos mais variados tipos e dimensões. Os materiais mais utilizados são: madeira, ferro, aço e concreto. São presenças constantes nos jardins de estilo japonês.


Pérgulas


A utilização de pérgulas no jardim decorre da necessidade de se assegurar locais apropriados para a expansão das plantas trepadeiras, bem como oferecer aos frequentadores um local de convivência agradável.


Confira nossos Livros na Área Jardinagem e Paisagismo:

Paisagismo – Elementos de Composição e Estética
Manual Prático de Jardinagem
Paisagismo – Princípios Básicos



por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Manual Prático de Jardinagem

Livro

Manual Prático de Jardinagem

R$ 46,00 à vista ou em até 10x de R$ 4,60 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Paisagismo - Princípios Básicos

Livro

Paisagismo - Princípios Básicos

R$ 47,00 à vista ou em até 10x de R$ 4,70 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Paisagismo - Elementos de Composição e Estética

Livro

Paisagismo - Elementos de Composição e Estética

R$ 49,00 à vista ou em até 10x de R$ 4,90 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade