Plano de Negócio: Mostre a cara da sua empresa antes mesmo dela existir

O PN pode ser a sua porta de entrada no mundo do empreendedorismo

 

Revise e refaça muitas vezes o seu Plano, até que ele esteja completo.

 

Planejar seu negócio pode ser a alavanca que levará o empreendedor para o sucesso, basta que seja feito da maneira correta. Começar um empreendimento, sendo este de qualquer setor que for, necessita de um planejamento minucioso, colocado, sobretudo, no papel. As várias etapas do processo de planejamento devem ser muito bem revistas pelo visionário, para que elas sejam implantadas da maneira correta, sem buracos e problemas futuros.

 

Para que essas etapas sejam feitas corretamente, a visão de sistema do negócio deve ser construída desde o início, abordando cada vírgula do negócio. Para se fazer o planejamento da melhor maneira possível, o profissional precisa ter o seu empreendimento muito bem elaborado e estudado. Precisa aprender sobre o negócio e, principalmente, colocar tudo no papel. A partir do papel, escrevendo, reescrevendo, apagando e fazendo novamente, esboçando sua empresa, sairá a verdadeira estrutura do empreendimento.

 

Normalmente, o profissional empreendedor inicia sua empreitada a partir do Plano de Negócio (PN). Este tem várias finalidades, encaixando-se nos desejos do empreendedor. A maneira de criar o plano de negócio será as vigas de sustentação do negócio.

 

Para construir um Plano de Negócio eficiente é preciso conhecer muito bem o mercado em que você se inserirá. Essa visão é imprescindível para a construção do seu Plano e do seu negócio. No Plano de Negócio você colocará as expectativas futuras para o seu negócio, fará simulações; portanto, é a partir dele que você terá a verdadeira visão inicial do seu empreendimento. Torna-se mais físico o sonho do negócio ao ser desenhado no PN.

 

A estrutura do Plano de Negócio, normalmente, não é fixa. A principal questão do PN é que ele esteja inteligível, contendo seções o suficiente para abranger todos os pontos que devam ser abordados. Ademais, existem vários tipos de Planos, tendo em vista as necessidades e finalidades de cada um.

 

Alguns dos objetivos que mais necessitam de um PN são quando o empreendedor precisa de um financiamento. Para tal, usar o Plano de Negócios para mostrar ao agente do financiamento quão viável é o seu negócio pode ser o ponto chave para se conseguir a quantia necessária. A ênfase, neste caso, seria dada ao mercado, assim como nos resultados financeiros.

 

Já se o PN for apresentado a um grupo de investidores ou possíveis parceiros, aborde melhor o mercado, a equipe gerencial e os resultados financeiros. É necessário mostrar a eles que o seu negócio pode ser um bom lucro para eles.

 

O esqueleto básico abrange diferentes finalidades.

 


Existe um esqueleto básico para ser seguido na hora de construir um Plano de Negócios. Essa estrutura poderá ser utilizada em qualquer finalidade, claro que dando ênfase para o que se quer realmente atingir.

 

Tal esqueleto compõe do sumário executivo (em que você faz uma breve descrição do seu negócio); negócio (breve descrição de como tornar o sonho uma realidade, e a descrição dos produtos/serviços que você oferecerá); e o plano de marketing (análise do mercado para ver a viabilidade do negócio).

 

Esse documento será seu companheiro por um longo tempo, será reformulado várias vezes, mas o primeiro esqueleto será a estrutura onde você erguerá os pilares para um negócio sólido. Não deixe de elaborá-lo com grande atenção.

 

 

Por: Raquel Torres C. Bressan

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade