Despreparo de empresas na gestão de crises: caso Carrefour

A gestão de crises busca reverter impactos negativos causados por um acontecimento ou episódio que envolve uma empresa

Despreparo de empresas na gestão de crises: caso Carrefour

Recentemente, nas redes sociais, tem circulado uma notícia revoltante: a morte de um cãozinho por um dos funcionários do Carrefour. Suspeita-se que o ele tenha envenenado e espancado o pobre animal até a morte. Todos ficaram chocados com o triste episódio – desde ONG’s de proteção animal até artistas famosos. Eles exigiram da empresa um posicionamento mais enérgico e consistente.

Entretanto, o Carrefour apenas divulgou uma nota de esclarecimento afirmando que é contrária a todo tipo de maus tratos a animais. Ao lerem o comunicado, todos ficaram perplexos com a conduta superficial da rede de supermercados. Com isso, a empresa perdeu a sua credibilidade e comprometeu a sua imagem. Tudo por não saber agir em um momento crítico. Hoje, a gestão de crises é determinante para amainar um quadro negativo de uma empresa.

A gestão de crises busca reverter impactos negativos causados por acontecimento ou episódio que envolve a empresa. Por meio dela, são desenvolvidas estratégias, que abrandam os danos à imagem e resgatam a reputação da empresa. Mas nem todas as empresas sabem administrar uma crise. Ou elas não contam com uma comunicação integrada ou apresentam modelos de gestão engessados.

A comunicação integrada é determinante na apresentação da identidade da empresa ao público. Cabe à organização orientar o funcionário quanto à identidade institucional da empresa. Com estratégias de comunicação e relacionamento, certamente a relação entre o colaborador e a instituição será mais produtiva e fortalecida. Dessa forma, o empregado não agirá de forma contrária à identidade da empresa.

Outro fator que compromete a imagem da empresa é o modelo engessado de gestão. Nele, a comunicação não está alinhada à velocidade de informações da internet. Assim, em momentos de crise, a empresa não consegue adotar um posicionamento mais preciso. Mas quando a instituição segue a gestão moderna, que realiza um bom planejamento estratégico, ela consegue antecipar cenários para tomadas de decisão mais acertadas em momentos críticos.

No caso Carrefour, a imagem da organização foi seriamente comprometida, pois a empresa não foi proativa. Suas ações foram inconsistentes e superficiais, o que causou ainda mais revolta por parte do público. Se a empresa apoiasse ONG's de proteção aos animais ou desenvolvesse projetos de conscientização sobre maus tratos, tudo seria bem diferente. 

Conheça o Livro AFE Como Gerenciar Pequenas Empresas.

Leia o artigo "Ganhar por gestão".

Fonte: administradores.com.br

Por Andréa Oliveira.

Livros Relacionados

Como Gerenciar Pequenas Empresas

Livro

Como Gerenciar Pequenas Empresas

R$ 61,00 à vista ou em até 12x de R$ 5,08 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Segredos do Sucesso Empresarial

Livro

Segredos do Sucesso Empresarial

R$ 61,00 à vista ou em até 12x de R$ 5,08 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Por Trás do Sucesso das Empresas

Livro

Por Trás do Sucesso das Empresas

R$ 52,00 à vista ou em até 12x de R$ 4,33 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade