Aniversário da AFE - 23 anos
A Aprenda Fácil é uma editora do Grupo CPT, referência em educação a distância no Brasil!

Produção de rosas: conheça algumas doenças que podem atacar as roseiras

Míldio, Murcha dos Botões e Mosaico da Roseira são algumas das principais doenças que atacam a produção de rosas

O mosaico da roseira é uma doença virótica que é caracterizada pelo aparecimento de manchas amarelas, em forma de zigue-zague, na superfície das folhas.

O cultivo de rosas chama a atenção de muitas pessoas, seja como fonte de renda ou para ornamentar casas e jardins. No entanto, não se trata apenas de plantá-las, é preciso conhecimento de métodos e técnicas para destinar todo o cuidado que o cultivo de rosas demanda.

 

Mas, mesmo com todos os cuidados dispensado, é comum o surgimento de doenças em plantações de rosas, portanto, cabe ao produtor ficar atento às características principais de algumas doenças e ao controle delas.


Hoje, os maiores desafios enfrentados no cultivo da roseira estão justamente relacionados com o controle de doenças e pragas, que podem acabar depreciando os botões da rosa. Tecnologias, métodos e técnicas estão sendo desenvolvidos a fim de reduzir a aplicação de agrotóxicos e adubos.


Abaixo, destacaremos algumas doenças que atacam a produção de rosas e podem prejudicar os interesses dos produtores. Confira:


Míldio ou Pinta Roxa

Essa doença ataca partes novas, tais como: botões, hastes e folhas, caracterizando-se pelo aparecimento de manchas de cor marrom e bordos angulosos. Nas folhas, a doença é observada inicialmente na face ventral, e, posteriormente, nas duas faces causando grande desfolha. A doença é favorecida pela alta umidade e temperaturas baixas, com grande incidência nos meses de abril a junho. Seu controle deve ser feito por pulverizações com produtos químicos.


Murcha dos Botões, Mofo dos Botões,Mofo Cinzento

Essa doença caracteriza-se pela não abertura dos botões florais, que tomam a cor cinza-marrom, típica de tecido seco, e persistem na planta até que entrem em decomposição. Abrindo-se os botões atacados, nota-se a presença de filamentos esbranquecidos, as hifas do fungo. O fungo é favorecido pela alta umidade. Seu controle deve ser feito por meio da remoção dos botões atacados, eliminação de restos culturais e pulverizações com produtos químicos.


Mosaico da Roseira

Essa doença virótica é caracterizada pelo aparecimento de manchas amarelas, em forma de zigue-zague, na superfície das folhas, tanto novas como velhas. Causa depauperamento geral da planta. Transmite-se pela enxertia ou pela podas, razão pela qual não se deve deixar plantas com mosaico entre as utilizadas como matrizes e no roseiral. O controle deve ser feito por meio da desinfecção do material de trabalho e eliminação das plantas afetadas.


Para maiores informações, consulte o livro Produção Comercial de Rosas, elaborado pela AFE – Aprenda Fácil Editora. O livro conta com orientações a respeito a respeito da produção de mudas, plantio e conduçao do roseiral, tratos culturais, pragas e doenças, colheita, conservação dos botões, entre outras. Confira!

 

Por: Beatriz Lázia

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Comentários

Ricardo Dantas

9 de mar de 2021

Olá, cultivo rosa em vaso, mas os brotos novos que sai está marrom se encosta no broto ela cai facilmente, também tem folhas com pista preta é folhas amarelas, e também as folhas que parecem saudáveis estão rígidas e tortas. Podem me ajudar a salvar a planta?

Resposta da Aprenda Fácil Editora

10 de mar de 2021

Olá, Ricardo

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Existem diversas causas para os sintomas relatados, sendo assim, o ideal é procurar por um especialista, para que ele possa diagnosticar a causa real do problema, e indicar o melhor tratamento.

Atenciosamente,
Erika

Ângela Norli de Oliveira Montenegro

17 de fev de 2021

Tenho duas roseiras que,no início gloria lindamente. Hoje os botões parecem queimados e não abrem.Pode me ajudar?

Resposta da Aprenda Fácil Editora

26 de fev de 2021

Olá,Ângela 

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

O ideal é procurar por um especialista, para que ele possa analisar sua roseira e indicar o melhor tratamento.

Atenciosamente,
Erika

Neusa Businari

5 de dez de 2020

Não encontrei informações sobre o problema que estou tendo com minha roseira. Um fungo que parece cogumelo branco nasce no pé da roseira próximo da raiz, cresce muito rápido e contorna toda planta. Não estou conseguindo acabar com ele, tiro tudo de 4 em 4 dias e ele volta.

Resposta da Aprenda Fácil Editora

8 de jan de 2021

Olá, Neusa 

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

O ideal é procurar por um especialista, para que ele possa analisar sua roseira e indicar o melhor tratamento.

Atenciosamente,
Erika

Carlos Alberto Soares

21 de nov de 2020

As orientações e informações das doenças das rosas foram bons

Resposta da Aprenda Fácil Editora

15 de jun de 2021

Olá,Carlos Alberto

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Ficamos felizes em saber que você gostou de nosso artigo.

Atenciosamente,
Erika

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2021. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade