Uso do hífen: arrase nas provas com dicas simples

Com a nova ortografia, em vigor há 10 anos, a hifenização das palavras sofreu algumas mudanças, que ainda confundem os alunos

Uso do hífen: arrase nas provas com dicas simples

Com a nova ortografia, em vigor há 10 anos, a hifenização das palavras sofreu algumas mudanças, que ainda confundem os alunos. Se antes já era complicado o emprego do hífen, com a reforma ortográfica, estudantes e concursandos de todo o país apresentam várias dúvidas a respeito desse sinal que une palavras. A boa notícia é que, com dicas simples, é possível dominar o uso do hífen e arrasar nas provas.

Algumas palavras, como pontapé, paraquedas e girassol sofreram o processo de aglutinação, ou seja, perderam o hífen. A regra se estende a palavras com os elementos de ligação “de” e “que”. Na nova ortografia, as palavras lua de mel e água de coco não mais são grafadas com hífen, mesmo sem aglutinação, salvo as palavras cor-de-rosa e pé-de-meia, cujo hífen é obrigatório. Nesse caso, a recomendação é se concentrar nas exceções.

Palavras, que indicam espécies animais ou botânicas, com elementos de ligação, também são hifenizadas. O uso do hífen é imperativo em todas elas. Uma forma de fixar as regras da hifenização e suas exceções é com a prática. Quanto mais praticar a leitura e a escrita dos vocábulos compostos com ou sem hífen, mais fácil memorizá-los. Afinal, sem estudo, disciplina e comprometimento não há como chegar a bons resultados.

Confira 7 regras de uso obrigatório do hífen:


1.As palavras sem elementos de ligação, que são compostas por substantivos, adjetivos, verbos e numerais, devem ser grafadas com hífen, como mesa-redonda, arco-íris, guarda-chuva e quarta-feira;

2.As palavras compostas por adjetivos pátrios ou gentílicos são essencialmente grafadas com hífen, como norte-americano e verde-amarelo;

3.As palavras compostas, cuja inicial da segunda é escrita com “h”, são necessariamente hifenizadas, como mal-humor e pré-histórico;

4.As palavras compostas, cuja letra do prefixo da primeira é igual à letra inicial da segunda, são submetidas ao uso do hífen, como micro-ondas e inter-racial;

5.Os prefixos “super”, “inter” e “hiper” ganham hífen quando a segunda palavra inicia com a letra “r”, como super-resfriado, inter-regional e hiper-reativar;

6.Os prefixos “pré”, “pró” e “pós”, acentuados graficamente, são hifenizados quando a segunda palavra é independente, como pré-natal, pós-guerra e pró-análise;

7.O prefixo “bem” usado antes das vogais “a”, “e”, “i”, “o” e consoantes “b”, “c”, “d”, “f”, “h”, “m”, “n”, “p”, “q”, “s”, “t”, “v” deve receber hífen, como bem-arrumado, bem-estar, bem-querer e bem-sucedido.

Confira o Livro AFE Como Aprender a Estudar.

Conheça os Livros AFE da Área Educação.

Leia o artigo "5 formas inusitadas de melhorar os estudos."

Fonte: blogdoenem.com.br

Por Andréa Oliveira.

Livros Relacionados

Professor Como ter sucesso no Ensino Superior

Livro

Professor Como ter sucesso no Ensino Superior

R$ 70,00 à vista ou em até 12x de R$ 5,83 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Como Aprender a Estudar - Ler, Memorizar e Escrever Melhor

Livro

Como Aprender a Estudar - Ler, Memorizar e Escrever Melhor

R$ 61,00 à vista ou em até 12x de R$ 5,08 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade