Saiba como aproveitar melhor as horas de estudo

Dinamizar a forma de estudar é o melhor caminho para obter sucesso com os estudos

Mulher Estudando

Passar horas estudando é um hábito comum para muitas pessoas. Porém, se você mantém um ritmo intenso e, ao final, percebe que não aprendeu muita coisa, você precisa dinamizar os seus estudos. Embora ler várias vezes o mesmo texto e grifar as partes mais importantes seja útil em algumas situações, essa técnica pode não ter tanto poder assim no processo de aprendizagem. Um processo de aprendizagem dinâmico garante mais sucesso, não obstante, todas as formas de estudo são válidas.

“A Aprendizagem Dinâmica é o conjunto de técnicas eficazes de estudo desenvolvido, com o intuito de garantir o aprimoramento intelectual do indivíduo, para que ele possa, de uma maneira rápida e adequada, realizar atividades didáticas para a obtenção do conhecimento.”, afirma Rógeres Melo, autor do Livro Como Aprender a Estudar, da Aprenda Fácil Editora.

Dessa forma, listamos aqui alguns métodos de Aprendizagem Dinâmica, por meio dos quais é possível obter mais sucesso nos seus estudos:

- Descubra seu horário de maior produtividade.
Em primeiro lugar, é notório que cada um tem seu horário de maior produtividade. Explicando melhor, algumas pessoas acordam superdispostas e cheias de energia, com maior capacidade de concentração. Outras, acordam mais dispersas e vão ganhando energia ao longo do dia. É importante observar qual o ritmo do seu corpo e principalmente da sua mente. Isso será importante pra definir se, antes daquela prova importante, é melhor você estudar até tarde ou acordar mais cedo pra estudar.

- Estude de forma distribuída
Em outras palavras, o estudo será mais efetivo se você estuda, por exemplo, uma hora por dia durante a semana, em comparação a estudar sete horas seguidas um dia inteiro. Esse intervalo entre os estudos também pode ser feito durante um dia, estudando, por exemplo, uma hora de manhã e uma hora à tarde.

- Pratique o que aprendeu
Não é a toa que, na escola, os professores passam aquele monte de atividades após ensinarem um conteúdo novo. O seu cérebro reforçará o que você aprendeu se você fizer atividades que ponham em prática o conhecimento adquirido. Se você quer passar três horas estudando, dedique os trinta minutos finais às atividades, por exemplo. Experimente resolver exercícios de provas anteriores.

- Intercale os estudos
Tem mais de uma matéria ou assunto para estudar? Intercale! Em vez de dedicar um dia inteiro a um conteúdo e esperar o dia seguinte para estudar outro, estude um pouco de cada. Essa intercalação tem mais utilidade em aprendizados envolvendo movimentos físicos e tarefas cognitivas. O principal benefício desse método é manter-se estudando por mais tempo.

- Transcreva o que você aprendeu
À medida que você vai estudando, tente escrever com as suas palavras o que você aprendeu. Isso estimula o raciocínio e a memória. Também é válido, em vez de escrever, explicar o conteúdo pra você mesmo, na frente do espelho, por exemplo.

- Faça resumos
A técnica de grifar as partes mais importantes do texto pode ser útil aqui. Após grifá-las, faça um resumo com todas elas. Resuma partes do texto, por exemplo, em tópicos, o que facilita a memorização. Vale ressaltar que fazer resumos é diferente da técnica acima, de transcrição. A diferença está em, ao transcrever, usar outras palavras pra dizer a mesma coisa, enquanto, ao resumir, você reduz o que leu a uma ideia principal.

- Ensine a outras pessoas
Uma boa dica é a de ensinar a outras pessoas o que você está estudando. Ao fazê-lo, você pratica o que está aprendendo. Cabe aqui, também, estimular os estudos em grupo, através dos quais as pessoas vão praticando e discutindo o que aprendem, facilitando a memorização do conteúdo.

- Cuide do seu corpo e mente
Ainda que pareça uma dica estética, é importante cuidar do seu corpo e da sua mente na hora de estudar. Pratique exercícios físicos, que aumentam o fluxo sanguíneo no cérebro que, por consequência, aumenta a concentração e o foco mental. Também é conveniente tomar um bom banho, que te relaxará e deixará sua mente mais receptiva a ter ideias e facilitar o aprendizado.
O banho, quente ou frio, é importante ao estudar. Um banho frio serve para quando você está desanimado e desmotivado. Ele ativará o cérebro e despertará a sua atenção. Já o banho quente é ótimo para aliviar o estresse e ajudar na concentração. Aliás, evite estudar estressado, pois isso inibe a aprendizagem e reduz a capacidade de recordar informações. Além do banho quente, experimente tirar uma soneca antes de estudar para aliviar o estresse.

- Defina seu objetivo e persista
Por fim, defina um objetivo e se esforce para alcançá-lo. Persista nos seus estudos, pois o conhecimento é construído pouco a pouco. E lembre-se, estudar é o caminho mais curto para chegar ao seu objetivo final.
“Nenhum obstáculo é tão grande se a sua vontade de vencer for maior!”. - Autor desconhecido.

Vale lembrar que existem várias outras técnicas que auxiliam no processo de aprendizagem. Cada pessoa possui um ritmo de estudo e aprendizado particular e algumas das técnicas aqui apresentadas podem não serem úteis no seu caso. Porém, se combinadas, produzirão melhores resultados.



Fontes: Estudar e aprender – estudareaprender.com
Jusbrasil – jusbrasil.com.br


por Renato Rodrigues

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade