Petiscos e leite são prejudiciais aos cães?

Aprenda mais sobre que tipo de alimentação oferecer ao seu animalzinho

Evite dar petiscos, se o seu amigão for alérgico, pois os corantes e conservantes podem piorar as coceiras.

Existe uma grande variedade de petiscos caninos no mercado que podem ser oferecidos ao cão de maneira racional, afinal, não é porque você pode comer que o seu cãozinho também possa.

 

Existem no mercado pet biscoitos, snacks, carne seca e prensada em forma de tiras (“bifinhos”) etc. Os petiscos são ótimos quando usados para treinamento, como recompensa. Mesmo sendo feitos para cachorros não devem ser dados em grandes quantidades e a toda hora, pois o cão pode parar de comer a sua refeição por estar saciado, ou porque o petisco é sempre mais saboroso que a ração.

 

Lembre-se de que petisco não substitui uma refeição. Também não consegue cumprir eficazmente tudo que promete como “melhorar o hálito” ou “evitar o tártaro”. Por isso, a ideia de que “quanto mais oferecer, os dentes ficam mais limpos” é errada.

 

Use os petiscos de forma inteligente. Por exemplo, ofereça quando for se ausentar. Cachorros não gostam de ficar longe do dono, mas se ganharem um “presentinho” toda vez que isso for acontecer, eles associarão a saída do dono com algo prazeroso para eles. Claro que, se o cachorro estiver latindo desesperadamente ao ver você abrir a porta de casa, ele não pode ganhar uma recompensa pelo mau comportamento.

 

Pedacinhos de petisco podem ser escondidos em vários lugares da casa para que o cão se entretenha na busca por eles quando estiver sozinho. Há brinquedos que permitem que você coloque petiscos dentro para que o cão tente retirá-los. É uma ótima distração para os cachorros.



Evite dar petiscos, se o seu amigão for alérgico, pois os corantes e conservantes podem piorar as coceiras. As frutas como maçã, pera, banana, melancia e melão podem ser oferecidas ao cão como petiscos. Idem para o queijo branco em pequenas quantidades. Tudo isso, como já dito, sempre para recompensar um bom comportamento.

 

Com relação ao leite, essa é uma grande dúvida dos proprietários: pode ou não dar? Os cães são mamíferos e, teoricamente, aceitam bem o leite. Ocorre que o leite da cadela e o leite de vaca possuem algumas diferenças. Enquanto o leite da cadela apresenta um teor de 7% de gordura, o leite de vaca possui apenas 3% (leite integral).



Os cães não conseguem digerir bem a lactose do bovino, por isso, não importa se esse leite é dado puro ou diluído, os cachorros podem apresentar diarreia se o consumirem. Assim, o leite não é proibido para o cão jovem, mas se ele apresentar fezes amolecidas ou muitos gases, é melhor evitá-lo. Já o cão adulto não precisa de leite em sua dieta, mas, se for oferecido, segue a mesma regra: se causar diarreia, não deve ser dado ao cão.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade