Aprendendo a plantar pitanga

Apesar de ser pouco conhecida, a pitanga é uma fruta extremamente versátil

Pitangas

É muito comum falar de frutas e lembra apenas daquelas mais populares. Desconhecida por muitas pessoas, a Pitanga é uma fruta muito versátil e com sabor peculiar. Com coloração que pode variar de tons alaranjados a arroxeados, seu aspecto é brilhante e sua polpa produz uma sensação agridoce refrescante.

Walter Esfrain, um dos autores do Livro AFE Planejamento e Implantação de Pomar, ressalta que a pitanga é uma fruta ainda pouco cultivada, mas que apresenta cultivo relativamente fácil e que possui potencial para crescimento no mercado.

Além de sucos, sorvetes, doces e licores, a fruta ainda pode ser consumida in natura, o que evidencia sua versatilidade. Ainda, é extremamente adaptável a diferentes condições climáticas e do solo, o que torna seu cultivo possível em todo o nosso país.

Ficou animado? Não perca essas informações importantes para cultivar pitanga:

Início

Dado que seu cultivo é possível em vários solos e climas, fica fácil perceber por que a escolha por cultivar pitanga é assertiva. Porém, ao adquirir mudas, certifique-se de que elas são saudáveis e provenientes de fruticultores idôneos.

Ambiente

Apesar de se adaptar a diferentes condições, locais quentes e úmidos são os preferidos por essa fruta, que gosta de passar muito tempo sob sol intenso e resiste a várias adversidades, como geadas e secas.

Plantio

O plantio das sementes, despolpadas a partir de frutos maduros, pode ser feito o ano inteiro, mas, preferencialmente, nos meses chuvosos. A cova deve ter dimensões de 40x40x40cm e a terra deve estar bem adubada com superfosfato, calcário e esterco, que pode ser de curral ou de aves. A irrigação deve ser feita duas a três vezes por semana e após 30 dias deve ser feita uma nova adubação.

Espaçamento

Cada pomar deverá realizar um espaçamento que otimize o seu uso. Porém, recomenda-se espaçar a pitangueira de 4,5m a 6m entre linhas e de 3m a 4m entre plantas na linha. É preciso observar também a declividade do solo, para garantir que as práticas culturais não o prejudiquem.

Tratos

À medida em que a planta se desenvolve, deve-se realizar os tratos culturais. Com um ano, deve-se dar início à poda e à desbrota do solo. Também devem ser realizadas capinas, além de monitoração constante contra pragas ou doenças, realizando o controle químico e podando os ramos afetados.

Produção

A depender da região onde está sendo cultivada, a pitangueira começa a dar flores e frutos aproximadamente no segundo ano de vida, aumentando periodicamente até estabilizar-se no sexto ano. Aproximadamente 50 dias após a floração, deve-se recolher as pitangas de forma manual.

 


Conheça nossos Livros da Área Fruticultura:

Planejamento e Implantação de Pomar
Cultivo de Coco Anão

Fonte: Globo Rural – revistagloborural.globo.com
por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Planejamento e Implantação de Pomar

Livro

Planejamento e Implantação de Pomar

R$ 46,00 à vista ou em até 12x de R$ 3,83 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Cultivo de Coco Anão

Livro

Cultivo de Coco Anão

R$ 83,00 à vista ou em até 12x de R$ 6,92 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade