Como extrair a polpa dos grãos de café

A extração da polpa é um dos processos mais importante do cultivo do café

Grãos de café torrado

O café é um produto agrícola produzido e exportado por mais de 50 países, mas a maior parte dos consumidores são países industrializados, como os USA e países europeus. Globalmente, o café é o segundo produto mais comercializado e, em consequência é de vital importância para o balanço comercial entre países desenvolvidos e em desenvolvimento. Por isso, o produto representa, para esses países, uma importante fonte financeira.

Na produção de café, a remoção da polpa dos grãos é uma das fases cruciais. Nela, há a separação da polpa dos grãos. Deve ocorrer obrigatoriamente após a colheita e antes dos processos de fermentação e torrefação. Os grãos colhidos são retirados da polpa e separados das impurezas. Essa fase pode ser feita de duas formas: no processo a seco e no processo úmido. Saiba como funciona cada uma delas:


Processo a seco


É um processo mais natural e que é mais fácil de ser realizado. Porém, produz um café menos apreciado e saboroso. Ocorre em três etapas:

- Colheita

Todos os grãos são colhidos, independente do estado de maturação deles. Passados 20 dias, a umidade da polpa já se evaporou e o fruto está enrugado e preto.

- Secagem

Após o processo anterior, os grãos são espalhados em um local amplo e ficam expostos ao sol por 7 dias. À noite, devem ser cobertas para evitar contato com o orvalho, que pode alterar para pior a qualidade do café.

- Extração da polpa

Posteriormente à secagem, o café é enviado a uma máquina debulhadora específica para a remoção da polpa. Nela, as sementes são peneiradas, separadas da polpa e peneiradas novamente para diferenciá-las das impurezas.

Esse não é o método mais eficiente, uma vez que tem como resultado grãos imperfeitos, o que prejudica a qualidade e a classificação de um determinado tipo.


Processo úmido


Nesse processo, também conhecido como processo de café lavado, os grãos produzidos têm qualidade superior aos do processo a seco. Ele tem início no momento da colheita e termina quando o café verde está pronto para secar. Divide-se em quatro fases:

- Colheita

Diferentemente da colheita do processo a seco, os grãos são selecionados e só são retirados do cafeeiro quando atingem o ponto máximo de maturação. Com isso, tem-se uma colheita mais rigorosa e seletiva, que tem impacto direto na qualidade do produto final.

- Extração da polpa

Depois da colheita, as sementes de café maduras são colocadas em uma debulhadora e lá passam pelos mesmos processos descritos anteriormente. A diferença é que, como os grãos são selecionados, a máquina pode ser programada para o tamanho deles, garantindo uniformidade no café que será produzido.

- Lavagem

Logo após o processo anterior, os grãos encontram-se em uma casca dura e devem ser colocados em tanques de cimento cheios de água. Permanecem ali por, aproximadamente 25 horas, o que produz uma fermentação que altera o sabor dos grãos, produzindo a acidez do café.

- Secagem

Por fim, esses grãos precisam secar. O processo é parecido com a secagem anteriormente descrita, o que permite que os grãos liberem alguns resíduos que ainda possam conter.




Confira nossos Livros na Área Agricultura:

Colheita, Secagem e Armazenagem de Café
Calagem e Adubação do Café

Fonte: Chávena – chavena.com


por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Calagem e Adubação de Café

Livro

Calagem e Adubação de Café

R$ 34,00 à vista ou em até 12x de R$ 2,83 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Colheita, Secagem e Armazenagem de Café

Livro

Colheita, Secagem e Armazenagem de Café

R$ 34,00 à vista ou em até 12x de R$ 2,83 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade