A classificação do café

Existem várias formas de classificar o café: quanto ao tipo ou à cor, entre outras

Pé de Café

O café é um produto cujo preço está vinculado a parâmetros qualitativos. Partindo-se do valor obtido por um produto de máxima qualidade, esse sofre descontos proporcionais à medida que são reduzidas as características desejáveis quanto ao tipo e à bebida.

A qualidade do café depende principalmente da forma como ele é cultivado, colhido e processado. A obtenção de um produto de boa qualidade depende de fatores inerentes à planta como a genética das variedades e de fatores referentes ao ambiente externo da planta, tais como: fertilidade do solo, condições climáticas, pragas e doenças.

Juarez de Souza e Silva e Pedro Amorim Berbert, autores do Livro Colheita, Secagem e Armazenagem de Café, da Aprenda Fácil Editora, alertam que “as operações de colheita, preparo, armazenagem na fazenda, beneficiamento e armazenagem comercial, devem ser realizadas de forma a manter a qualidade obtida no campo.”.

O café pode ser classificado quanto:


Ao tipo


A classificação do café quanto ao tipo consiste em determinar o número de grãos imperfeitos ou a quantidade de impurezas contidas em uma amostra de 300g. Essa classificação apresenta sete tipos numerados de 2 a 8. A cada tipo corresponde maior ou menos número de defeitos existentes no café, como grãos pretos, ardidos, verdes, preto-verdes, quebrados, brocados, conchas, chochos, cocos e marinheiros e impurezas como cascas, paus, torrões, pedras, etc.


À cor


Indica o grau de envelhecimento do café beneficiado e emprega as denominações verde, esverdeado, claro, amarelo e vermelho. O teor de umidade, o grau de maturação, o tempo de exposição à luz, o método de preparo e secagem e as condições do ambiente de armazenamento são os responsáveis pela cor do café.


Ao tipo de peneira


Tomando-se por base as dimensões e a forma dos grãos, o café é classificado como chato-grosso, médio, miúdo; moca graúdo, médio e miúdo; quebrado e minimal.


Ao aspecto


Classificado como bom, regular e mau, é importante no julgamento da qualidade. O aspecto do produto permite prever sua característica de torração, que, por sua vez, é classificada como fina, quando há homogeneidade na cor e no aspecto; boa, quando há pequenas irregularidades na homogeneidade da cor e no aspecto, possuindo alguns defeitos e não podendo apresentar irregularidades em nenhuma destas duas características; regular, quando apresenta irregularidade na cor e no aspecto ou maiores irregularidades em uma única dessas características; ou má, quando mostram grandes irregularidades em qualquer uma das características ou nas duas.


À bebida


Essa classificação baseia-se no sabor detectado na chamada prova de xícara, feita por degustadores treinados. A bebida pode apresentar mudanças de sabor, podendo ser “moles”, muito encorpados, encorpados e sem corpo. Podem apresentar, ainda, leve acidez cítrica ou acidez acética. Deve-se considerar, também, na apreciação da bebida a possível ocorrência de gostos estranhos, tais como: gosto de terra, mofo, azedo, “chuvado”, avinagrado, fermentado, enfumaçado e outros.

 


Conheça nosso Livro Colheita, Secagem e Armazenagem de Café


por Renato Rodrigues

Livros Relacionados

Colheita, Secagem e Armazenagem de Café

Livro

Colheita, Secagem e Armazenagem de Café

R$ 34,00 à vista ou em até 12x de R$ 2,83 sem juros no cartão + frete
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A Aprenda Fácil Editora garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Aprenda Fácil Editora © 2002 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 05.052.622/0001-87

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade