Centro de Produções Técnicas
Atendimento Online
Transformando Conhecimento em Negócios

Artigo

HOME / Artigos / Fertilidade do solo pelo método da análise
Fertilidade do solo pelo método da análise

Saiba mais sobre análise de solo e veja como detectar fertilidade por meio de amostras

Data Publicação:12/07/2010

Tamanho da letra Diminuir Aumentar

De cada buraco de 20cm, deve-se tirar uma fatia de solo e misturá-la em um saco plástico.

Conhecer bem o solo de uma propriedade é de suma importância, pois dessa forma  é possível ao produtor detectar a fertilidade da área como um todo. Logo, para a realização de tal atividade, uma das maneiras mais simples e adequadas é a análise de solo.


Esse tipo de análise consiste na coleta de amostras de diferentes, a cada dois anos, e no encaminhamento delas a um laboratório, que irá medir a real taxa de fertilidade das terras. Segundo especialistas, a profundidade para retirada das amostras  é de zero a 20 cm em um primeiro momento e 20 a 40 cm em uma segunda amostragem.


Caso uma parte da pastagem se encontre limpa e a outra infestada de plantas daninhas, é conveniente fazer amostragens diferentes. Também, quando há uma parte da pastagem em solo de baixa fertilidade e outra parte com fertilidade maior, deve seguir o mesmo procedimento.


Entretanto, a coleta de amostras requer técnicas mais precisas.  “Para coletar uma amostra, é fundamental fazer pelo menos 15 subamostras, e em cada buraco de 20 cm retirar uma fatia de solo e misturá-los em um balde ou saco limpo”, afirma o engenheiro agrônomo Wagner Pires, autor do livro “Manual de Pastagem”.


Ainda de acordo com Wagner, “após reunir essas subamostras e cobrir toda a área a ser amostrada, deve-se misturá-las com o objetivo de formar duas amostras de 500g cada uma. É fundamental anotar no saquinho que será destinado ao laboratório o nome da fazenda, o local da coleta, a profundidade e a cultura estabelecida.”


Um dos saquinhos deve ser guardado como contra-amostra para aferições futuras dos resultados ou como proteção no caso de extravio. Evite tirar amostras de locais com acúmulo de excremento animal, formigueiros, buracos de tatu e reboleiras de capim com colorações diferenciadas.


O  livro “Manual de Pastagem”, editado pela Aprenda Fácil Editora, apresenta também várias outras formas de análise de solos, inclusive para áreas que já possuem adubações. Contudo, a regra básica é fazer  sempre estudos de rotina em toda a propriedade, atentando para as necessidades do produtor.






Enviando...

FALE CONOSCO

© 2014 - Aprenda Fácil Editora - Rua Dr. João Alfredo, 130, Ramos - Viçosa, MG

CNPJ: 05.052.622/0001-87

A AFE liga para você!





Exemplo: 31 38997000